• Querer Crer

Pronto(s) para regressar?...

A partir da próxima segunda-feira, dia 31 de janeiro, retomaremos as nossas sessões de Catequese presenciais. Fazemo-lo porque já sentimos falta, mas também porque temos confiança de que, mantendo as regras que vínhamos a praticar, não será a Catequese o foco de possíveis contágios.

Este mês de janeiro deu para perceber como o vírus se tornou altamente contagioso, embora menos perigoso, até porque o processo de vacinação, entretanto, avançou a grande ritmo. Ainda que durante mais algum tempo os contágios possam acontecer em grande número, o que levará muitas crianças e jovens – e não só, a semanas de isolamento, com o decorrer do tempo esse perigo irá diminuindo, o que permitirá que eles prossigam as suas aprendizagens e vivências sem tantas interrupções.

Assim, cá nos veremos, para continuarmos a crescer em grupo, aprendendo com Jesus a cuidarmos melhor uns dos outros e desta nossa Casa comum. Os catequistas irão gerindo os seus grupos, pelo que pedia a todos os pais e encarregados de educação que, com transparência e amizade, fossem comunicando com o(s) respetivo(s) catequista(s), de modo a continuarmos em sintonia uns com os outros. Por exemplo, se em determinada semana, houver muitas crianças do mesmo grupo em isolamento, porventura a sessão dessa semana poderá decorrer online, para que a maioria continue presente. Nas sessões presenciais também se poderá, eventualmente, fazer alguma ligação lá para casa, para alguém que esteja em isolamento ou para alguma criança de risco… E sempre, mas sempre, teremos todo o cuidado com as regras sanitárias, nomeadamente o uso obrigatório de máscara, o distanciamento físico e a higienização das mãos, para além do arejamento e desinfeção dos espaços.

Está na hora de recomeçar – talvez tenhamos sido os únicos a parar, entendendo a preocupação de muitos… Mas já não há desculpas! Vamos recomeçar, sem deixarmos de estar atentos ao evoluir da situação e às recomendações que nos possam ser dadas, conscientes de que haverá sempre a possibilidade de dar um passo atrás! Mas o que nós queremos mesmo é seguir em frente, seguindo os passos de Jesus! Estás pronto para o regresso?