Levanta-te e… escolhe!

I Domingo da Quaresma– Ano C

EVANGELHO – Lc 4,1-13

Naquele tempo, Jesus, cheio do Espírito Santo,

retirou-Se das margens do Jordão.

Durante quarenta dias,

esteve no deserto, conduzido pelo Espírito,

e foi tentado pelo diabo.

Nesses dias não comeu nada

e, passado esse tempo, sentiu fome.

O diabo disse-lhe:

«Se és Filho de Deus,

manda a esta pedra que se transforme em pão».

Jesus respondeu-lhe:

«Está escrito:

‘Nem só de pão vive o homem’».

O diabo levou-O a um lugar alto

e mostrou-Lhe num instante todos os reinos da terra

e disse-Lhe:

«Eu Te darei todo este poder e a glória destes reinos,

porque me foram confiados e os dou a quem eu quiser.

Se Te prostrares diante de mim, tudo será teu».

Jesus respondeu-lhe:

«Está escrito:

‘Ao Senhor teu Deus adorarás,

só a Ele prestarás culto’».

Então o demónio levou-O a Jerusalém,

colocou-O sobre o pináculo do Templo

e disse-Lhe:

«Se és Filho de Deus, atira-te daqui abaixo,

porque está escrito:

‘Ele dará ordens aos seus Anjos a teu respeito,

para que te guardem’;

e ainda: ‘Na palma das mãos te levarão,

para que não tropeces em alguma pedra’».

Jesus respondeu-lhe:

«Está mandado:

‘Não tentarás o Senhor teu Deus’».

Então o diabo, tendo terminado toda a espécie de tentação,

retirou-se da presença de Jesus, até certo tempo.

 

Levanta-te e… escolhe!

Os quarenta dias de Jesus no deserto fazem lembrar-nos a nossa Quaresma, mas também a nossa vida toda! Dizem-nos que Jesus, tal como nós, foi tentado ao longo da sua vida humana, ou seja, teve de fazer as suas escolhas… Mas, guiado pelo Espírito Santo, manteve-Se fiel ao Pai!

Como andam as tuas escolhas? Deixas-te guiar pelo Espírito Santo à hora de tomar decisões, de modo a viveres na liberdade dos filhos de Deus, ou segues o teu Eu, deixando-te aprisionar pelas ilusões do mundo, o desejo de dominar os outros e de tudo possuir?

Lembra-te, só a Palavra de Deus deve iluminar as tuas opções, até porque, na fidelidade ao Pai, serás verdadeiramente livre, sendo capaz de caminhar ao encontro dos irmãos. Então, levanta-te e… escolhe (bem)!